8 coisas: dramas de terceirão

domingo, 14 de maio de 2017




Oi genteeee, como cês estão? Espero que muito bem!
Antes de mais nada, queria parabenizar todas as mamães desse mundinho por esse dia mais que especial, um beijinho em cada uma de vocês!!!
Bom, vocês sabem que em função do vestibular, meu último ano de colégio e blá blá blá, tenho estado - bastante, relatável - ausente por aqui e redes sociais. MAS esse fim de semana me peguei pensando na possibilidade de incluir vocês, leitores lindinhos, na minha realidade desse ano, com dicas de estudo e afins, principalmente no insta (@blogvishamiga). O post de hoje é a realidade da minha turma no colégio (e provavelmente de muitos terceirões), por isso vou dedicar aos amigxs de classe, um beijo chuchus! Bora lá conferir?

1- 53 deveres na mesma semana


"queridos professores, não temos somente suas respectivas matérias, gratos."

2- ser a turma no 'topo' do colégio, expectativa:


Nem o Troy a gente tem...

3- realidade:


4- a matéria tá toda tranquila na aula, mas você vai exercitar e...


(eu todo dia)

5- daí a turma não é tão unida assim, mas vocês precisam fazer atividades juntos e decidir formatura


"vamos chegar num consen..."
bom, antes mesmo de tentar amenizar a situação com uma frase, você percebe que as pessoas querem matar umas as outras, muito bem...

6- "SEXTOU MIGOS"


7- nem precisa de legenda


8- pelos maiores problemas que a turma tenha, nem que seja em um minutinho, vocês percebem que precisam uns dos outros (nem que seja pra mandar um resumão no grupo)



É trend: anos 90!

segunda-feira, 1 de maio de 2017





Oi chuchus desse Brasil, como vocês estão?? Espero que maravilhosos!
Em maio, geralmente eu faço a wishlist do mês porque dia 3 é meu aniversário – YAAAAY! – colocando coisinhas que gostaria de ganhar. PORÉM, alguém muito enrolada aqui teve 364 dias (desde o outro aniversário, né) pra escolher alguma coisa e não chegou à um consenso, passo bem...
Ou seja, claramente deixo à critério de todas as pessoinhas lindas que vão me presentear (e que vão ler esse post) que escolham uma surpresa, muito grata!
Voltando ao post, não fiz a wishlist como de tradição nos outros anos, mas preparei uma postagem bem legal pra mostrar pra vocês um pouquinho do meu estilo de ultimamente com imagens que peguei do Polyvore, bora lá?





PS.: Ah, o Polyvore pra quem não conhece, é praticamente uma rede social onde os usuários montam os próprios looks, até com acessórios, de lojas (online ou de departamento), o que é melhor ainda porque o preço total do que seria a compra sai na hora, um arraso! 










Meus comentários:

Confesso que eu nunca tinha achado algo que eu me identifiquei TANTO! A gente pode reparar que a maioria das calças jeans são de cintura alta e as blusinhas são nas cores primárias (azul, amarelo e vermelho) super trend agora no outono, né manas?

É bom ver também que a gente pode reciclar algumas roupitchas (isso inclui aquele casaco que eu sei que você jogou lá no fundão do armário porque era largo demais) e os sapatos não variam muito de acordo com as combinações, melhor ainda!


 Eu resolvi pegar de inspiração o quarto look, olha só:



Então migas, o que vocês acharam? Usariam? Contem tudinho aqui nos comentários!





Antítese

quinta-feira, 13 de abril de 2017





Flertando com a decepção já faz um tempo. 
A culpa não é minha por ler Nietzche demais, muito menos pelos "vacilos" constantes, se é que eu cometi algum; nova demais pra sair desacreditando em tudo por aí, melhor achar só que é tudo fase – aliás, parece que é roteiro de quem tem vindo conversar comigo nos últimos tempos – sem desmerecer a ajuda, claro.
Você me cansou, era enjoado. – há dois anos quando eu criei o blog, jurei de mindinho pra mim mesma que não ia postar esse tipo de afirmação aqui, perdão. – A verdade é que reagir com intensidade desproporcional é culpa minha, sim; não gosto de ser flexível. Dois anos de amizade, duas semanas de conversa, não importa, você foi embora. "eu enjoo muito fácil das pessoas" tudo bem, obrigada por compartilhar no twitter o que eu já sabia, produtivo. 
Tô errada, tá tudo errado. Ao mesmo tempo que as sandices dos outros me fazem parecer desinteressante absurdos, deviam ficar quietos; Nunca estive tão despontada de ver tudo desandando e não saber o porquê. 
Se decepcionar é tão normal quanto tropeçar num paralelepípedo – uma hora você consegue andar, vai por mim – mas é irritante a frustração de não caminhar decentemente na rua e acabar machucando o pé, ou caindo; a questão é: confundir o asfalto com esses blocos de pedra. Você não olha pro chão o tempo inteiro vendo onde pisa, senão se perde do destino, mas tá tudo bem. Só o esforço de querer sair na rua pra enfrentar mais um chão desnivelado me deixa orgulhosa.
Eu cansei você, e você enjoou de mim. Ficar é difícil, – entenda como quiser – dá trabalho; ninguém é cacto pra ser regado uma vez por semana e se satisfazer. Ficar todo santo dia, é difícil. Você não gostou de mim o suficiente, e eu definitivamente não sou merecedora de culpa. 

PS.: Caro leitor,
zero problema em achar a presença de alguém importante – parabéns, você existe porque sente (seja falta, ranço, ou qualquer outra coisa) – e vai por mim, eu fico mais orgulhosa por isso do que você imagina.


Abracinho pra Marcella Lima que me deu ideia desse texto, você arrasa!!

Show + recomendação da semana

domingo, 2 de abril de 2017



OI MIGXS COMO ESTÃO??
Semana passada (dia 29) eu tive o privilégio de ir ao show do cage the elephant + silversun pickups, porémmm como – infelizmente –eu disse que esse ano não vou conseguir atualizar o canal do youtube, decidi ao menos fazer uma postagem pra mostrar um pouquinho pra vocês como foi, vem comigo!



O primeiro show da noite foi do silversun pickups, e euzinha, como boa conhecedora da maioria dos indies, confesso que tinha procurado sobre a banda antes, apesar de não ter me aprofundado muito... 
De acordo com minhas amizades da fila (hehehe) foi a primeira vez deles aqui no Brasil e vieram direto do Lollapalooza, que tinha acontecido no último fim de semana, ou seja, estavam mega animados! Não foi à toa que deixaram uma energia maravilhosa antes do cage entrar, valeu silversun! 💛



Quem me conhece sabe que eu sou completamente apaixonada por cage the elephant, e logo que a setlist do Lolla saiu e fui correndo fazer uma playlist no Spotify pra decorar até a ordem das músicas!
O Matt Shultz (vocalista da banda) tem o hábito de descer do palco pra ficar com a galera no meio do show em alguma hora, e como o circo voador tem a arquibancada (que fica suspensa)  e eu decidi ficar justamente nela, claramente não consegui vê-lo tão de perto assim – QUERIA – e o show foi tão, mas tão bom que eu acabei esquecendo e preferi assistir de lá mesmo HAHAHAHA



Quando minha música favorita tocou (cigarette daydreams) eu não me segurei, além de ter chorado e gritado – muito, vocês não tem noção – eu gravei um vídeo e postarei o completo no insta já já (@blogvishamiga) por enquanto confiram esse aqui! 💛


video


Conclusão: foi tudo incrível e nós, fãs, só temos a agradecer pela presença dessas bandas maravilhosas aqui no RJ, já podem voltar mais vezes hein!

Ah, e quase ia esquecendo! look do dia que me pediram hehehe conforto é tudo, né migas?





Recomendação da semana:

Eu vim apresentar pra vocês hoje esse chuchu que faz um cover mais incrível que o outro! Vale super a pena dar aquela famigerada passadinha no canal do youtube ou no insta de covers dele pra conferir alguns vídeos, porque além de ter uma voz maravilhosa é um amorzão de pessoa! 💛
insta: @iramanocoverz
canal do youtube: Ramon Pozzi
vou deixar um vídeo do canal aqui, é só dar play, espero que gostem!!






E aí migos, gostaram do post de hoje?? cadê os fãs de cage?? hehehehehe uma semana lindona pra vocês!



inspiração: tattoos lindas!

domingo, 26 de março de 2017





Andou pensando em fazer uma tatuagem e tá sem ideia, ou tá só de bobeira no domigo mesmo? hehehehehe
Eu fiz um post com 3 tópicos de inspirações ano passado e um deles era sobre o assunto (se quiser conferir é só clicar aqui), massss como achei pouquinho e recebi uns pedidos pra me aprofundar sobre, hoje tem postagem completinha! 


No bíceps




quem disse que é só masculina? tá valendo de frase à desenho colorido, todas lindonas


Nas costas



(eu sou suspeita, acho linda a do mapa mundi!) 

Pra fazer com alguém



Outras



Então migos, alguém faria alguma dessas aí?? Gostaram do post? Deixem nos comentáriosss, super beijo!

Wishlist de março

domingo, 12 de março de 2017



E aí chuchus, tudo certinho??
Vocês, lindinhos, que me acompanham aqui sabem que eu geralmente faço wishlists no início de cada mês, massss semana passada baixei o aplicativo do Aliexpress e o espírito loka consumista  resolveu aparecer, e com razão né, CADA COISA MARAVILHOSA NAQUELE SITE, SOCORRO!
Por essas e outras eu fiz a famigerada listinha de março juntando os itens mais arrasadores do Ali e as comprinhas que gostaria de fazer esse mês ainda, confere aí comigo!



1- Blusinha The Smiths - Aliexpress - R$ 39,90
2- Corretivo bege - Avon - R$ 49,50
3- Óculos vintage - Aliexpress - R$ 11,90
4- Tênis oxford - Melissa - R$ 129,90
5- Case the neighbourhood - Aliexpress R$ 13,90
6- Bandeja para notebook - Imaginarium - R$ 119,90
7- Cd Hippo Campus - site oficial - R$ 25,50

Algumas subjeções aqui: galerinha, se vocês nunca escutaram hippo campus ou the smiths corram pro spotify ou youtube pra onteeeem!! Se alguém quiser, eu faço uma playlist das minhas bandinhas no próximo post hehe, é só comentar aí!

O que vocês acharam? Comprariam alguma coisa? Me contemmm

Que vocês tenham uma semana tão incrível quanto cada um!

Nas alturas

quinta-feira, 2 de março de 2017





Antes de tudo, meus mais sinceros agradecimentos à minha falta de sono que contribuiu pra que eu abrisse o bloco de notas do celular pra escrever essa crônica.
De fato, minha viagem à Fortaleza foi simplesmente incrível e me traz muitas lembranças — meu primeiro vlog, o beach park, meus quinze anos... — mas uma, únicazinha, nunca nem chegou perto de ser comentada: meu crush do avião!
Sim, pode rir à vontade... Mas trocaria um dia desses entediantes facilmente pelos dois dias que eu consegui o ver. Como isso aconteceu à ponto de ter essa vontade não está muito claro, não é? Vou contar.
Era a primeira vez que viajava de avião e ainda precisava gravar meu primeiro vídeo pro canal, então com certeza o nervosismo era dobrado. Peguei meu livro de star wars mesmo sabendo que não conseguiria ler por causa da inquietação, e coloquei o fone de ouvido, (como sempre) mas ainda assim sentia que precisava me distrair. A única alternativa foi olhar pros lados e reparar nas coisas. Justo. 
O garoto chegou e minha atenção se voltou completamente à ele. Parabéns Milena, o que você está fazendo da sua vida? Confesso que não foi só porque o achei bonito, era a única pessoa que consegui avistar da mesma faixa etária que eu, então não conta.
Sentou na minha diagonal mais atrás, colocou o fone e ficou olhando pela janela o voo todo — pelo menos nas horas que consegui reparar nele — e não, nem sabia da minha existência.
Sinceramente? Eu não vi a hora que ele desceu do avião... nem mesmo quando foi preciso pegar a mala na esteira, oficialmente sumiu de vista.
Com tantas emoções na viagem eu obviamente acabei esquecendo do garoto e nem me liguei mais no assunto.
Dia 16 de maio, pior parte de tudo: me despedir do Ceará e lembrar que tinha aula praticamente no dia seguinte, um horror. 
Andei pelo aeroporto depois de comprar algumas coisas e decidi parar numa livraria, quando dei de cara com ele. Super distraído, com os dois fones de ouvido dando uma olhada na seção de star wars. Eu juro que quase fui dar um abraço nele e sair correndo, mas seria estranho da minha parte. Eu não estava com o livro mas por sorte tinha colocado meu vestido que deixava bem estampado que eu gostava do lado negro da força.
Não, ele não reparou em mim em momento nenhum. De novo. Por que eu queria que ele me visse? Não sei até hoje.
Saí da livraria, passei na lanchonete, mas assim que me dei conta, meu voo pra casa estava em última chamada apesar de faltar meia hora — segundo a passagem — pro avião decolar. Fui o mais rápido possível até o local de embarque, e entrei logo no avião antes mesmo dos meus pais, não me lembro muito bem o motivo. Lá estava ele, na primeira fileira de assentos. Foi instantâneo o olhar. Menos de 10 segundos com certeza. Ele deu um sorriso. Alívio? Nem sei. Retribuí, afinal não era todo dia que quem a gente queria a atenção reparasse. 
Minha poltrona era quase no fim do avião, então nessas uma hora e meia — porque eu dormi uma hora — de voo eu fui me preparando pro mesmo acontecimento da ida: eu com certeza não o ia ver na hora de desembarque. Dito e feito.
E foi isso. 
São exatamente 22:39 de um domingo em pleno setembro de 2016 e isso é o que passa na minha cabeça: o garoto branquelo que deveria ter uns 17 ou 18 anos, cabelo castanho escuro bagunçado depois de tirar o boné e seu sorriso. Isso já faz quatro meses.
Não sei se um dia — provavelmente não, mas a vida dá umas reviravoltas — vou conseguir vê-lo de novo, mas bem que eu queria... 

Se você, crush do avião, está lendo isso agora (o que de fato seria uma loucura) eu quero agradecer por ter feito meus voos um tantinho mais interessantes, obrigada!
PS.: você tem um sorriso bonito.
(Editado de 17 de setembro)
 
Design e programa��o: Let�cia Persi | Ilustra��o da header: Akeno Kurokawa Ilustra��es | Todos os direitos reservados - Copyright © 2015 | VOLTAR AO TOPO