Voltei + Recebidos: Embelleze

quinta-feira, 7 de março de 2019



VOLTEI!
Oi chuchuzes, tudo certinho? Antes do post começar, preciso fazer um "desabafo" (quase que coletivo) sobre as plataformas de blog. 

*música triste*
Já faz um tempinho que não posto com certa frequência, e do ano passado pra cá isso se limitou à uma postagem a cada praticamente 3 meses. Além dos motivos pessoais, claro, passei pelo terceiro ano e entrei pra faculdade (amém?) e acabei me sufocando pela rotina.
*pausa dramática*
MAS PERA AÍ: além disso, vou confessar que blogueira tem que aturar muita coisa, desde a criatividade de escrever até as blogueirinhas do tipo "Oi BeNiNaS TuDoPom?". A gente cansa. Uma postagem, em média, leva duas horas pra ser feita. Leitores, francamente, vocês acham justo que a amiga consagrada chegue e comente "amei, sdv?" ou simplesmente deixe o link do blog e saia correndo? Exatamente, muito 2012. Isso aqui não é bagunça, grata.

Acontece que de uns tempos pra cá, essa galera aumentou em níveis absurdos e, diante da minha falta de tempo na época, só acabou me desmotivando. Eu já escrevi sobre isso (mas de uma forma engraçada), você pode conferir aqui.
Enfim,
Blogueiras passando por essa situação e que estejam lendo isso: também não desistam. Publicar conteúdo por dedicação é a melhor prova que vocês podem dar aos leitores quanto à honestidade. Vocês não precisam de um blog todo rosa, um midia kit, participar de todos os eventos, esbanjar assunto feminino e muito menos aturar gente chata. 
Pessoas que publicam spam e estejam lendo isso: podem parar de ler aqui mesmo e fechar a aba rsrsrs

Pois então, tentei me resumir ao máximo diante da minha força do ódio (brincadeira), mas esclarecer tudo. Peço perdão! Nesse tempo recebi muitas mensagens perguntando sobre o paradeiro do blog, e mesmo deixando de explicar pra vocês, no geral, agradeço a compreensão (hoje aproveitei e vim contar tudo direitinho). Obrigada por lerem. Vamos ao post!










Semana restrasada chegou minha caixinha da parceria com a Embelleze e hoje vim mostrar pra vocês o recebido: o Creme de tratamento Novex Super Babosão



Alô aqui: Ainda que esse seja um publipost, gostaria de ressaltar que todas as opiniões dadas são sinceras, com base na minha experiência. Segue o baile:




(Já começamos bem com essa embalagem maravilhosa) Provavelmente você, rainha da informação, já escutou alguém falando sobre a babosa, tanto no skincare ou no próprio cabelo. Como dito ali em cima, pela própria novex, a plantinha é responsável por hidratar os fios e dar brilho. 
O cheiro é bem natural MESMO, nada muito forte (minhas narinas alérgicas agradecem) e a consistência do creme é bem boa.
Na hora da lavagem, usei o shampoo Vitay Broto de Bambu, também da Novex, enxaguei, passei o creme Super Babosão e deixei agir por 15 minutinhos. Depois disso, enxaguei e finalizei com a manteiga Meus Cachos de Cinema (ADIVINha: também da Novex), e deixei secar. Aqui embaixo você pode ver o resultado direitinho:




Nota: 10, com certeza.
Você tá vendo algum frizz ali? Nem eu.


A única edição na foto foi a saturação porque meu cabelo é preto demais e quase não dava pra ver nada (momentos). E por mais que essa tenha sido a primeira lavagem, não danificou o loiro da mecha (imagem à esquerda), porque amarelo ovo ninguém merece, né? Com todo respeito *cof*

Ah sim, e o mais legal: ele é recomendado pra todos os tipos de cabelo!

  • Nada de meter a mãozona no pote, por favor. Além das bactérias na nossa mão, você pode alterar o composto do creme, fazendo ele perder os nutrientes. (Recomendo pegar com uma pázinha ou colocar um pouco na tampa mesmo).
  • Você pode usar uma touca enquanto o creme age nesses 15/10 minutinhos.
  • Evite aplicar no couro cabeludo (pode "engordurar" ele de certa forma se não for tirado direitinho e causar coiceiras, caspas, e afins)

Pois bem rapaziada, esse foi o post de hoje e espero que tenham gostado! Meus agradecimentos à Embelleze pelo envio (hehe).

Peter Pan

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018






A cabeça continua sendo um cão dos infernos; um corte de cabelo e uns desânimos a mais não fazem ir pra frente tanto assim. Ainda é necessário saber o motivo da cobrança se onde o "é" é onde  supostamente deveria estar. 



Queria que você entendesse que, caso você vá correr, perceba se está fazendo isso em círculos. Depois de ficar tonta vai se arrepender de ter se movimentado, e não é por aí. No fim das contas, por mais que aconteça, ficar se perguntando como você voltou ao mesmo lugar que estava vai te dar dor (e espero que seja só de cabeça).
Queria te lembrar que (f)atos não servem pra nada, ainda mais caso queira agradar alguém. Depois de fazer as coisas sem sentir com o peito aberto, vai se arrepender de seguir algum conselho, e, de novo, não é por aí.
Quero te falar (agora mesmo, no presente, porque você ainda tá aqui) que se você guardar todo sentimento do mundo pra si mesma vai acabar explodindo (e se você quiser abraçar o mundo também). E não sei o que vai acontecer no fim das contas.
É que todas as vezes você não se perdoou por não estar pronta e se desculpou no lugar errado, mas tudo bem não saber o que fazer, infelizmente, não viemos com um manual de instruções.



A cabeça que continua sendo um cão dos infernos ainda é indomada demais pra ser presa no canil; assim como o cabelo que não se faz preso sem um prendedor. Continua sendo necessário saber o motivo da cobrança se onde o "é" é onde  supostamente deveria estar. 


Na verdade, o que importa é não ter pressa. Não é porque o tempo se move que você também precisa. 
Desista por desculpas sem pedir desculpas.
Você pode voltar atrás se quiser e conseguir.
Dê a mão, o braço, o peito. 
Se não quiser andar, voa.
Se contente com tudo. (O) Nada te machuca.

E o mundo ficou pequeno

segunda-feira, 28 de maio de 2018




"Para àquela moça que aprecia um eterno retorno em cada instante da sua vida que não volta mais"

Justo; ruim é lidar com o fato de que se deixa de aprender alguma coisa porque tudo te consome. Os dias já foram melhores.

Eternos retornos (ainda) são sobre instantes específicos; aqueles que, se o mundo acabasse ali, ia ficar tudo bem. A certeza é essa: tudo o que contribuiu pra aquilo acontecer uma hora vai embora. A partir daí, é só permitir que o abismo entre onde estar agora e onde queria estar não assuste. Difícil.

Mas de repente, por um acaso, a graça seja o descompasso, e se obrigar a ter outros momentos pra superar os de antes (e assim passa a tal da vida que não volta mais).

O melhor dos filmes cult

terça-feira, 8 de maio de 2018




Alô rapeizeee, tudo bom?


Os meus personagens favoritos de todos os tempos são lá de 1985 – a menina tem 17 anos mas a alma é velha, né? – tanto de estilo quanto personalidades e afins. Hoje no post não tem nada de Marvel nem filme que concorreu à oscar ano passado, porque vou mostrar o quanto esses filmes cult (e indie alternativos) são maravilhosos só pelas referências.







Primeiramente que Verônica Sawyer (da direita) nem é gente, é anjo! Esse filme é Heathers, mais conhecido como o meu favorito de todos os tempos. Não vou contar muito mas vou resumir em: Slushies, assassinatos e... bem... Heathers.




Pesadíssimo porém verdade, amém Pulp Fiction


E foi assim que Milena Velloso se sentiu claramente representada




 
(Só os ícones online)



Eu diria que sou eu de novo, mas não quero parecer convencida internacionalmente...


E aí, gostaram? Ficaram com vontade de assistir algum? Me contem aqui nos comentários!


8 coisas: já aprendi com um mês de faculdade

terça-feira, 17 de abril de 2018





Pra você ler escutando: A room of her own - Like swimming


Oi migosmores, tudo certo?

Como alguns sabem, euzinha, Milena Velloso, estou na faculdade – UFRJ aos curiosos – (ouvi um amém?) e quero atualizar vocês de tudo, principalmente no instagram!
Esse post é rapidinho e mega descontraído só pra não deixar meu primeiro mês de facool em branco! Depois do friozinho na barriga de primeira semana e os primeiros trabalhos feitos, já tô cheia de coisa pra contar.



PS.: AH, NÃO ESQUECI! Semana que vem, como de tradição, tem cobertura do Coachella, segurem o tchan, hein? 



E aí, bora pro post?

1- Pegar ônibus

Burguesa no uber? Nunca mais, agora sou oficialmente a rainha do bilhete único!



2- Não me perder no meu prédio

Confesso que até hoje não aprendi completamente, MAS missão dada é missão cumprida, até o fim do período eu consigo, tenho fé.


Todo dia John Travolta me representando


3- NUNCA acumular trabalhos

Isso eu já fazia (ou tentava, hehe) na escola, mas agora tá difícil e juro de mindinho que a culpa não é minha.



4- 
 Separar o look do dia


Aquela tarefa árdua pra garota que tem 1000 roupas no armário e não sabe combinar as peças:


5- Lidar com a xerox

Tem uns dias maravilhosos que a gente acha até que dá pra comprar balinha no ônibus, daí um professor pede pra pegar o material na xerox e todas as moedas possíveis vão embora...


6- Ter paciência com "pessoas dedicadas demais"

Se você, caro leitor, achou que fosse sair do sexto ano livre dos amiguinhos que pedem pra ter dever de casa, sinto-lhe informar, mas SUPRESA! A vida tem dessas. (infelizmente)







7- Na verdade, essa parte eu não aprendi ainda, mas a gente pula, né?


8- Tem gente de todos os tipos

Definitivamente é a parte mais legal. Passei muitos anos com pessoas parecidas comigo em vários aspectos e a maioria mora bem pertinho de mim, esses são os amigos maravis que eu tenho. Mas, sem dúvida, conhecer gente nova e aprender com essas pessoas tem sido maravilhoso!



É isto rapeize, o que acharam? Alguém também tá com novidades por aí? Conta pra mim!



Self love club

sábado, 10 de março de 2018





(Pra você ler escutando: Best friend - Rex Orange County)


O post de hoje é mais que especial. Pra mim, pra todas as participantes e todos os leitores.

De um tempo pra cá, percebi que nossas mudanças como seres humanos (principalmente nós, mulheres) são os pontos cruciais de todos os aprendizados que recebemos. Elas podem ser, muitas vezes, escolhas ou simplesmente amadurecimentos, tanto internamente, como na aparência. 

Conflitos são normais, e eu posso jurar pra você, caro leitor, que no fim das contas, você continua sendo uma pessoa incrível do seu jeitinho e com sua essência, e NADA pode tirar isso de você.

Ei, e se você quiser ler uma crônica sobre o assunto onde eu explico tudinho melhor sobre esses sentimentos, clica aqui 

Eu, Milena, criei - mais um - projeto com o intuito de te ajudar a soltar a voz e inspirar mais pessoas, mas dessa vez sobre autoestima e aceitação, e espero MUITO alcançar todo mundo que precisa ler um conselho ou se sentir bem nesse momento. Vem conferir e sentir orgulho dessas meninas comigo:







Além desses relatos eu recebi mais dois (anônimos, e que não serão divulgados), de meninas que começaram há pouco tempo a aceitação (claro, cada uma com seu motivo específico) e estão enfrentando períodos mais difíceis em nível emocional e social. Eu conversei com as duas e ofereci o máximo de apoio possível.

Essas meninas são todas maravilhosas, né? Lidar com os medos e problemas é a melhor solução e o amor é o principal ponto pra começar. MUITO, MUITO, MUITO obrigada pela participação de todas!! Vocês não sabem o quanto inspiram todos *insira um emoji de coração aqui*


Gostaram do projeto e do post? Querem compartilhar algo também? Me contem aqui embaixo!

Ah, quer mandar um desabafo ou conversar de um jeito mais pessoal? Se sinta livre pra me chamar no direct do insta, juntas somos mais fortes, miga!



(entre)(vistinha): Banda Biltre

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018





Oi chuchus, como foram de carnaval? Espero que tenham aproveitado com muito glitter, assim como eu! Ah, e apesar de ter prometido esse post surpresa já faz um bom tempo, só consegui fazer agora, então desculpinhas!  hehe

Bora ao que interessa! Em janeiro entrei em contato com a Banda Biltre porque eu queria fazer uma mini-entrevista sobre o trabalho maravilhoso deles, vem conferir mais sobre os caras:






Recado pros chuchuzinhos da Banda Biltre: Obrigada pela oportunidade de contato e por fazerem minhas playlists mais alegres com a música de vocês, não parem nunca!

E aí, gostaram? Já conheciam a banda? Dá uma espionada e aperta o play no álbum *maravilhoso* "Nosso amor vai dançar"  aqui embaixo! Boa semana, migxs!


 
Design e programa��o: Let�cia Persi | Ilustra��o da header: Akeno Kurokawa Ilustra��es | Todos os direitos reservados - Copyright © 2015 | VOLTAR AO TOPO