Recomendação da semana: Apanhador só

segunda-feira, 12 de junho de 2017




Fala chuchus, como cês tão?? Espero que todos pleníssimos!!
Ultimamente eu tenho escutado MUITA (muita mesmo, independentemente do gênero) música brasileira. Claro que, obviamente, não ia deixar passar batido comentar sobre uma das minhas bandinhas favoritas desde meados de outubro de 2016: Apanhador só! Nesse post eu vou recomendar umas músicas, dar motivos pra vocês virarem apreciadores dessa banda lindona, e tudo mais. Bora conhecer um pouco do trabalho dos caras?


Em 2003, a banda fazia uns covers e a finalidade era competir em festivais de colegial. Um pouco mais a frente, em 2006 pra ser mais exata – grazadeus – esses lindinhos gravaram o primeiro EP e o lançaram! 
A resistência da arte com o amadurecimento ao longo do tempo é um ponto que chama atenção quando se comparam os álbuns mais antigos e assim por diante, vale a pena ressaltar. Agora estão trabalhando na produção do disco novo e mal posso esperar de tanta ansiedade <3 font="">



Pulando pra parte que vocês esperavam do post, sem enrolation! (conheço meus leitores rsrsrs) 

A primeira impressão que eu tive assim que descobri a banda no Spotify foi: tudo tem um contexto. Procura dali, de cá, e fui descobrindo que não eram simplesmente historinhas de cinco minutos que podiam ser contadas em crônicas minhas, mas sim significados especiais. Exemplo:


Sabe esse velhinho da capa do CD "Antes que tu conte outra"?
Ele fundou um grupo de teatro com atuações de rua. O conceito é todo de inspiração pra banda seguir em frente, olha que homenagem mais fofa!




Em segundo lugar, ao meu ver, as letras têm todas várias interpretações, desde críticas sociais ou meus marcos de tempo, ou seja, não tem como não gostar, galerinha!
Ah, e em terceiro e não menos importante, eu admiro muito a forma que eles tratam o pessoal que gosta da banda, a relação é de amizade, não fanatismo-ídolo, isso é incrível absurdos!

PS.: eles me deram feliz aniversário ainda por cima, assim eu choro, né?









Bom galera, então esse foi o post de hoje – bem curtinho, mas de coração, espero que tenham gostado! 

Recado:

Pessoal do Apanhador só, um beijo grandão e um abraço bem forte em todos vocês, muito sucesso com o disco novo! Venham pro RJ, hein?


Entre os dias

terça-feira, 30 de maio de 2017





Resumo: Parei pra procurar umas crônicas sobre "crescer" e a única sensação que tive foi uma leve ânsia (não disse de quê, em respeito à todos os textos que eu li). 

Não é sobre fazer aniversário, justificar todas as coisas como aprendizado, muito menos deixar de chorar em dias ruins;
Maldita mania humana de colocar frases de efeito depreciativas sobre a vida — em quase tudo.
Não é sobre tempo, engordar ou aumentar altura, e tô longe de comentar sobre vida profissional;
É sobre ficar mais velho, ser o próprio aprendizado, chorar que nem uma criança que acabou de ralar o joelho. Também é sobre dias, mudar o quanto for preciso, e ver portas fechando (talvez reabrindo) toda hora.
Se enxergar tão pequeno a ponto de ver o mundo crescer e ter que deixar ele escapar das suas mãos, independentemente da idade que você tenha. Viver até dizer "chega", encontrar amor ou abismos pra voar em outro lugar/alguém, e como já dizia Vanguart, fazer da tua vida o que o coração te dá.
Maldita mania minha de achar que, um dia, meus textos vão parar numa parte de entretenimento do jornal, porque eu nunca chego até o final.
Mas nunca tem final.
É isso. 
Sobre não ter nexo, andar tropeçando nos pés, até chegar lá;
lá onde ninguém sabe, mas que você consiga ver tudo o que não viu.

8 coisas: dramas de terceirão

domingo, 14 de maio de 2017




Oi genteeee, como cês estão? Espero que muito bem!
Antes de mais nada, queria parabenizar todas as mamães desse mundinho por esse dia mais que especial, um beijinho em cada uma de vocês!!!
Bom, vocês sabem que em função do vestibular, meu último ano de colégio e blá blá blá, tenho estado - bastante, relatável - ausente por aqui e redes sociais. MAS esse fim de semana me peguei pensando na possibilidade de incluir vocês, leitores lindinhos, na minha realidade desse ano, com dicas de estudo e afins, principalmente no insta (@blogvishamiga). O post de hoje é a realidade da minha turma no colégio (e provavelmente de muitos terceirões), por isso vou dedicar aos amigxs de classe, um beijo chuchus! Bora lá conferir?

1- 53 deveres na mesma semana


"queridos professores, não temos somente suas respectivas matérias, gratos."

2- ser a turma no 'topo' do colégio, expectativa:


Nem o Troy a gente tem...

3- realidade:


4- a matéria tá toda tranquila na aula, mas você vai exercitar e...


(eu todo dia)

5- daí a turma não é tão unida assim, mas vocês precisam fazer atividades juntos e decidir formatura


"vamos chegar num consen..."
bom, antes mesmo de tentar amenizar a situação com uma frase, você percebe que as pessoas querem matar umas as outras, muito bem...

6- "SEXTOU MIGOS"


7- nem precisa de legenda


8- pelos maiores problemas que a turma tenha, nem que seja em um minutinho, vocês percebem que precisam uns dos outros (nem que seja pra mandar um resumão no grupo)



É trend: anos 90!

segunda-feira, 1 de maio de 2017





Oi chuchus desse Brasil, como vocês estão?? Espero que maravilhosos!
Em maio, geralmente eu faço a wishlist do mês porque dia 3 é meu aniversário – YAAAAY! – colocando coisinhas que gostaria de ganhar. PORÉM, alguém muito enrolada aqui teve 364 dias (desde o outro aniversário, né) pra escolher alguma coisa e não chegou à um consenso, passo bem...
Ou seja, claramente deixo à critério de todas as pessoinhas lindas que vão me presentear (e que vão ler esse post) que escolham uma surpresa, muito grata!
Voltando ao post, não fiz a wishlist como de tradição nos outros anos, mas preparei uma postagem bem legal pra mostrar pra vocês um pouquinho do meu estilo de ultimamente com imagens que peguei do Polyvore, bora lá?





PS.: Ah, o Polyvore pra quem não conhece, é praticamente uma rede social onde os usuários montam os próprios looks, até com acessórios, de lojas (online ou de departamento), o que é melhor ainda porque o preço total do que seria a compra sai na hora, um arraso! 










Meus comentários:

Confesso que eu nunca tinha achado algo que eu me identifiquei TANTO! A gente pode reparar que a maioria das calças jeans são de cintura alta e as blusinhas são nas cores primárias (azul, amarelo e vermelho) super trend agora no outono, né manas?

É bom ver também que a gente pode reciclar algumas roupitchas (isso inclui aquele casaco que eu sei que você jogou lá no fundão do armário porque era largo demais) e os sapatos não variam muito de acordo com as combinações, melhor ainda!


 Eu resolvi pegar de inspiração o quarto look, olha só:



Então migas, o que vocês acharam? Usariam? Contem tudinho aqui nos comentários!





Antítese

quinta-feira, 13 de abril de 2017





Flertando com a decepção já faz um tempo. 
A culpa não é minha por ler Nietzche demais, muito menos pelos "vacilos" constantes, se é que eu cometi algum; nova demais pra sair desacreditando em tudo por aí, melhor achar só que é tudo fase – aliás, parece que é roteiro de quem tem vindo conversar comigo nos últimos tempos – sem desmerecer a ajuda, claro.
Você me cansou, era enjoado. – há dois anos quando eu criei o blog, jurei de mindinho pra mim mesma que não ia postar esse tipo de afirmação aqui, perdão. – A verdade é que reagir com intensidade desproporcional é culpa minha, sim; não gosto de ser flexível. Dois anos de amizade, duas semanas de conversa, não importa, você foi embora. "eu enjoo muito fácil das pessoas" tudo bem, obrigada por compartilhar no twitter o que eu já sabia, produtivo. 
Tô errada, tá tudo errado. Ao mesmo tempo que as sandices dos outros me fazem parecer desinteressante absurdos, deviam ficar quietos; Nunca estive tão despontada de ver tudo desandando e não saber o porquê. 
Se decepcionar é tão normal quanto tropeçar num paralelepípedo – uma hora você consegue andar, vai por mim – mas é irritante a frustração de não caminhar decentemente na rua e acabar machucando o pé, ou caindo; a questão é: confundir o asfalto com esses blocos de pedra. Você não olha pro chão o tempo inteiro vendo onde pisa, senão se perde do destino, mas tá tudo bem. Só o esforço de querer sair na rua pra enfrentar mais um chão desnivelado me deixa orgulhosa.
Eu cansei você, e você enjoou de mim. Ficar é difícil, – entenda como quiser – dá trabalho; ninguém é cacto pra ser regado uma vez por semana e se satisfazer. Ficar todo santo dia, é difícil. Você não gostou de mim o suficiente, e eu definitivamente não sou merecedora de culpa. 

PS.: Caro leitor,
zero problema em achar a presença de alguém importante – parabéns, você existe porque sente (seja falta, ranço, ou qualquer outra coisa) – e vai por mim, eu fico mais orgulhosa por isso do que você imagina.


Abracinho pra Marcella Lima que me deu ideia desse texto, você arrasa!!

Show + recomendação da semana

domingo, 2 de abril de 2017



OI MIGXS COMO ESTÃO??
Semana passada (dia 29) eu tive o privilégio de ir ao show do cage the elephant + silversun pickups, porémmm como – infelizmente –eu disse que esse ano não vou conseguir atualizar o canal do youtube, decidi ao menos fazer uma postagem pra mostrar um pouquinho pra vocês como foi, vem comigo!



O primeiro show da noite foi do silversun pickups, e euzinha, como boa conhecedora da maioria dos indies, confesso que tinha procurado sobre a banda antes, apesar de não ter me aprofundado muito... 
De acordo com minhas amizades da fila (hehehe) foi a primeira vez deles aqui no Brasil e vieram direto do Lollapalooza, que tinha acontecido no último fim de semana, ou seja, estavam mega animados! Não foi à toa que deixaram uma energia maravilhosa antes do cage entrar, valeu silversun! 💛



Quem me conhece sabe que eu sou completamente apaixonada por cage the elephant, e logo que a setlist do Lolla saiu e fui correndo fazer uma playlist no Spotify pra decorar até a ordem das músicas!
O Matt Shultz (vocalista da banda) tem o hábito de descer do palco pra ficar com a galera no meio do show em alguma hora, e como o circo voador tem a arquibancada (que fica suspensa)  e eu decidi ficar justamente nela, claramente não consegui vê-lo tão de perto assim – QUERIA – e o show foi tão, mas tão bom que eu acabei esquecendo e preferi assistir de lá mesmo HAHAHAHA



Quando minha música favorita tocou (cigarette daydreams) eu não me segurei, além de ter chorado e gritado – muito, vocês não tem noção – eu gravei um vídeo e postarei o completo no insta já já (@blogvishamiga) por enquanto confiram esse aqui! 💛


video


Conclusão: foi tudo incrível e nós, fãs, só temos a agradecer pela presença dessas bandas maravilhosas aqui no RJ, já podem voltar mais vezes hein!

Ah, e quase ia esquecendo! look do dia que me pediram hehehe conforto é tudo, né migas?





Recomendação da semana:

Eu vim apresentar pra vocês hoje esse chuchu que faz um cover mais incrível que o outro! Vale super a pena dar aquela famigerada passadinha no canal do youtube ou no insta de covers dele pra conferir alguns vídeos, porque além de ter uma voz maravilhosa é um amorzão de pessoa! 💛
insta: @iramanocoverz
canal do youtube: Ramon Pozzi
vou deixar um vídeo do canal aqui, é só dar play, espero que gostem!!






E aí migos, gostaram do post de hoje?? cadê os fãs de cage?? hehehehehe uma semana lindona pra vocês!



inspiração: tattoos lindas!

domingo, 26 de março de 2017





Andou pensando em fazer uma tatuagem e tá sem ideia, ou tá só de bobeira no domigo mesmo? hehehehehe
Eu fiz um post com 3 tópicos de inspirações ano passado e um deles era sobre o assunto (se quiser conferir é só clicar aqui), massss como achei pouquinho e recebi uns pedidos pra me aprofundar sobre, hoje tem postagem completinha! 


No bíceps




quem disse que é só masculina? tá valendo de frase à desenho colorido, todas lindonas


Nas costas



(eu sou suspeita, acho linda a do mapa mundi!) 

Pra fazer com alguém



Outras



Então migos, alguém faria alguma dessas aí?? Gostaram do post? Deixem nos comentáriosss, super beijo!
 
Design e programa��o: Let�cia Persi | Ilustra��o da header: Akeno Kurokawa Ilustra��es | Todos os direitos reservados - Copyright © 2015 | VOLTAR AO TOPO